Publicidade

segunda-feira, 15 de março de 2010 ataques especulativos | 00:00

Como fazer um ataque especulativo a um país? Capítulo 2…

Compartilhe: Twitter

Seguem aqui mais 3 lições dos gregos antigos:

Lição 3 – Alavanque-se – entram em cena os derivativos

Use instrumentos que possam ser alavancados sem limitações de volume e procure fazer tais operações com os bancos locais… Mas isto as vezes pode ser bastante difícil de se conseguir. Por exemplo,  se você pretendesse atacar o Yen, moeda japonesa, você precisaria tomar Yen emprestado junto a um Banco Japonês e comprar dólares a vista. Agora,  se você pretendesse atacar a dívida pública espanhola, você precisaria que algum espanhol que tivesse títulos da dívida pública espanhola os emprestasse para você, para então você poder vendê-los a descoberto no mercado. Enfim, você precisaria ter acesso ao crédito local para poder efetuar seu ataque.. Mas lembre-se que ninguém gosta muito de emprestar a especuladores, pois eles muitas vezes quebram. Não é fácil…

Contudo seus problemas acabaram: com o advento dos derivativos, você pode vender títulos da dívida sem tê-los ou sem precisar tomá-los emprestado de alguém, como também pode comprar Dólares sem ter a moeda local para dar em troca! Basta você depositar em garantia uns 5% do valor da operação junto a um banco ou bolsa de futuros e executar uma operação de venda futura de moeda local ou de títulos da dívida bancária ou pública de tal país alvo em volume 20 x maior ao volume de garantia que você depositou. Use derivativos!!! Porém fique esperto pois pode haver canelada: as autoridades locais levadas pelo pânico podem vir a  limitar tais operações, forçando você a sair de suas posições no pior momento!

Lição 4 – Chame a manada – o efeito inveja

Ninguém faz nada sózinho neste mundo. Convença a outros especuladores e gestores de fundos a pensarem como você. Quanto mais gente aderir, maior o sucesso de seu ataque… É importante que o ataque que você idealizou seja tema de vários relatórios de pesquisa de Bancos internacionais e motivo de comentários de grandes gestores de fundos internacionais em seus relatórios. A coisa vira um Tema de Investimento…. Aí todos os gestores de fundos internacionais entrarão no ataque pois não vão querer que você ganhe sozinho!!!

Lição 5 – Montagem da posição

As pessoas confundem início do ataque com a montagem das posições. Geralmente as posições especulativas são feitas antes do início do ataque . Desta forma, quando o ataque se iniciar haverá investidores que estarão do outro lado da aposta, na posição errada, e que irão tentar desesperadamente sair de suas posições quando o ataque de fato começar, o que acelerará ainda mais os efeitos do mesmo. Aqueles coitados que acreditavam nos fundamentos do país e estão aplicados em seus papéis vão sair correndo vendendo seus ativos e os compradores irão sumir! Não é isto que você deseja?

Amanhã teremos o capítulo final … aguardem

Autor: Tags:

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.