Publicidade

segunda-feira, 15 de março de 2010 ataques especulativos | 22:15

Sen. Christopher Dodd bate nos especuladores.

Compartilhe: Twitter

O presidente da comissão do Senado dos EUA responsável pelo Mercado Bancário apresentou projeto de lei que impõe restrições aos Bancos de usarem seu Capital e dinheiro dos depositantes em atividades de risco especulativo. A medida já era esperada, porém o tom das restrições é mais forte do que se pensava. Porém fica difícil ser contra tais medidas tendo-se em vista o ocorrido por lá…

E se a moda pega? E se todos os Governos tomarem esta mesma decisão? Parece que iremos ter mudanças profundas no sistema financeiro global.

Porém em primeiro lugar a Lei tem que ser aprovada lá e o lobby dos Bancos é poderoso.

Autor: Tags:

6 comentários | Comentar

  1. 56 Ana Carolina Gallo 16/03/2010 10:45

    Prazer é todo meu Ricardo. Parabenizo pela estreia na coluna no IG e desejo sucesso em especial por carregar o mesmo sobrenome que tanto ADMIRO. PALMEIRENSE de carteirinha……vamos unir as coincidências e nos falar conforme possibilidades, pois gostaria de conhecer de perto a “Gallo Investments”. SUCESSO! Até breve.

  2. 55 Luis Carlos 16/03/2010 10:05

    Concordo com o Sen. Cristopher Dodd.
    A especulação, principalmente com a poupança alheia, somente traz insegurança e inflação.
    Minha opinião é que se deva destinar capitais a produção com geração de empregos e mais conforto para a humanidade.
    Capital pelo Capital somente traz desconforto, desempregos e miséria.

    Luis Carlos
    16.03.2010

  3. 54 márcio Lino 16/03/2010 9:58

    Não conheço profundamente a argumentação do projeto de lei apresentado pelo Senador, no entanto, sou obrigado a concordar que a especulação exercida pelos Bancos nas atividades de risco especulativos, é fundamental para existência desse mercado e que as operações trabalhadas nesses mercados estão fora da atividade fim de uma instituição financeira, particularmente quando se trata de aplicar os recursos oriundos dos depósitantes, que deveriam ser aplicados com exclusividade em operações de crédito que fomentem a produção, inclusive com taxas de juros mais atrativas. Assim, não sei se é essa a idéia do Senador Americano em tentar impor restrições aos Bancos de usarem seu Capital e dinheiro dos depositantes em atividades de risco especulativo, no o Brasil deveria aproveitar para reavaliar as nossas relações..

  4. 53 Edson 16/03/2010 9:18

    “lobby dos Bancos é poderoso” – com certeza, mas apoio os EUA com estas medidas pois depois da crise imobiliária muitas pessoas perderam seus imóveis e o Congresso americano não teve coragem de pelo menos manter as pessoas em suas casas até que se encontra-se uma solução e atmbém em plena crise permitir o pagamento de bonus à alto executivos com o dinheiro que aquelas instituições financeiras e empresas pediram ao congresso para “aliviar” a crise…..

  5. 52 Alvimar Peres 16/03/2010 8:04

    Esta medida tem que pegar. Aplicação financeira, tem que ser em ações ou em papéis que vão ser investidos em produção industrial ou serviços, onde será gerado emprego e renda, não em papéis especulativos, que mais parecem casino.

  6. 51 SUZANNE ROBELL 16/03/2010 0:29

    Gallo
    seu blog já está nos meus Favoritos. Seus comentários me inspiram.

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.