Publicidade

quarta-feira, 11 de setembro de 2013 Brasil, BRICS, CHINA | 02:43

Bons ventos que chegam do oriente

Compartilhe: Twitter

Dados recentes da China estão dando uma animada nos mercados, como vemos no gráfico abaixo da bolsa chinesa:

bolsachina

Vemos no gráfico acima a evolução do índice da bolsa chinesa desde 2012, com destaque para a forte queda que vinha desde o começo do ano ( vermelho), e o forte rally ( verde) que temos tido nas últimas semanas.

Este ânimo recente é fruto de alguns dados positivos que saíram sobre a economia chinesa, tais como as pesquisas sobre a atividade industrial  que vêm mostrando alguns indícios de recuperação ( em verde abaixo), depois de uma queda forte que vinha ocorrendo desde 2009 ( amarelo), como mostra o gráfico abaixo do PMI das industrias chinesas:

pmimanchina

 

E dados sobre a economia real publicados nos últimos dias reforçam estes sinais de retomada, como vemos na tabela abaixa produzida pelo Banco GS:

chinad1

Vemos, marcado em laranja no topo da tabela,  que a produção industrial ( IP) vem se acelerando desde junho.

Já as vendas no varejo ( verde) retomaram seu  folego em junho e continuam crescendo, em ritmo real mais forte do que no início do ano.

Em cinza acima temos a evolução do investimento de capital fixo que também se acelerou nos últimos meses ( cinza).

A tabela abaixo mostra que o investimento de capital na indústria ( verde) chinesa se acelerou bastante nos últimos meses, compensando uma desaceleração no investimento feito no mercado imobiliário ( amarelo)

chindata2

 

A produção de energia também se acelerou, como vemos marcado em verde no gráfico laranja abaixo, que é consistente com a aceleração da produção industrial ( azul):

 

cvhinadata3

 

 

Vemos, contudo, que o ritmo de crescimento da indústria ainda é bem inferior ao que acontecia até 2008.

Esta aceleração na atividade industrial acelerou a produção de aço ( gráfico azul abaixo),o que elevou a importação de minério ( gráfico cinza abaixo):

orechinasteel

 

Tal aceleração na demanda fez com que os preços de aço e de minério na China se recuperassem desde julho último, como vemos nos gráficos acima.

É uma boa notícia para a Vale, como para todos os mercados emergentes, o que ajuda a melhorar o humor na bolsa aqui e no mercado de câmbio.

O que causou esta melhora? Eu acredito que ela seja resultado de alguns fatores:

a. mercado estava bastante pessimista com relação as perspectivas da economia chinesa, o que fez com que muitos investidores reduzissem suas posições em ativos chineses e em ativos correlatos, como a nossa moeda e ações de algumas empresas produtoras de commodities, ao longo deste ano. Logo, com a melhora do cenário, os mesmos investidores voltaram a reconstruir parte da posição que se desfizeram. Ou seja, está havendo uma certa correção técnica;

b. reduziu-se bastante as incertezas sobre a condução da política econômica pelo novo governo chinês que assumiu este ano o comando da máquina chinesa;

c. o mercado monetário chines se acalmou ( verde), depois do forte aperto de liquidez ocorrido em junho ( vermelho) , como vemos no gráfico abaixo da evolução dos juros de curto prazo na China em 2012 e 2013:

jurochincp

 

d. a economia começou a reagir a forte aceleração na oferta de crédito que ocorreu desde o final de 2012, como mostra o gráfico abaixo azul:

credchina

 

Em amarelo, marquei a forte aceleração na oferta de crédito geral na economia chinesa que vem ocorrendo desde o final de 2012 ( TSF), crédito que está crescendo a uma velocidade acima daquela vigente entre 2005 e 2009, porém desacelerando na margem.

Há, entretanto, um certo ceticismo por parte de vários analistas sobre a intensidade e a sustentabilidade de tal recuperação, pois a oferta de crédito deve continuar a se desacelerar na margem, já que o governo chines sabe que o ritmo atual de crescimento do crédito não é sustentável.

Ou seja, não sabemos quanto tempo vai durar estes bons ventos do oriente… mas vamos surfando a onda …

Autor: Tags:

2 comentários | Comentar

  1. 52 Miroma 13/09/2013 21:50

    Gallo estou assustado com as analises dos economistas sobre as vendas de julho,um deles falou que as vendas de vestuário aumentaram devido ao frio.Balela,sou do ramo está todo mundo reclamando,em junho começaram as promoções e a galera vendeu roupa sem lucro nenhum.Até hoje 13/09 as vendas não reagiram estamos com queda braba.Acho que o pessoal está muito desinformado…Espero estar errado.

    • Ricardo Gallo 14/09/2013 10:57

      obrigado pela info. o consumo é a variável chave do ajuste…porém sou muito pessimista com relaçao a ele nos proximos 2 anos… vai pela sombra!

  2. 51 Bruno Aguiar 11/09/2013 10:59

    Além da chinesa essa retomada também está disseminada em todos os developed markets. EUA, Japão e União Europeia passaram a apresentar bons dados recentemente.

    Recomendo a todos a leitura do último Interim Economic Assessment http://www.oecd.org/eco/outlook/Interim_Assessment_Handout_September_2013.pdf

    • Ricardo Gallo 11/09/2013 11:50

      sim senhor. europoa virando, eua virando, japao virando, china virando…. crise externa vai deixar de ser desculpa pro crescimento pifio nosso em 2014.

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.